Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vidas que, quer queiramos quer não, fazem parte de nós.


01
Jul14

Testamento vital, sim ou não?

por Eu, simplesmente!

 

Sim, e de forma incondicional.

 

O testamento vital é um direito de todos. Saibamos, pois, utilizá-lo de forma lúcida e pragmática.

Cabe-nos a  nós, e só a nós, decidir quais os procedimentos médicos que pretendemos nos sejam ministrados numa situação de doença grave e/ou acidente. Não é o médico, não é o familiar por mais próximo que seja, que devem ter esse poder decisório. Somos nós, enquanto no pleno uso das nossas faculdades, que devemos decidir o que queremos para e das nossas vidas.

 

Há quem confunda testamento vital com eutanásia. Convém que não confundamos duas realidades que nada têm em comum.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Mensagens